domingo, 6 de novembro de 2011

Eric Clapton - Clapton (2010)

Dos muros da Londres dos anos 60 sei que Clapton é Deus, e da noite de 10/10, soube como isso é muito fácil para ele. Com Clapton, lançado em outubro do ano passado, o guitarrista começa a flertar seriamente  com o jazz. Ainda somado ao show com a banda do trompetista Wynton Marsalis, que rendeu um álbum ao vivo gravado em 2011 no Lincoln Center em Nova Iorque, são indícios suficientes para acreditar numa guinada jazzística na carreira do SlowHand.
Essa mudança de direção, claro, sem deixar o blues da lado, pode revigorar as apresentações ao vivo, ainda muito concentrada nos anos 70 e 80. Neste álbum, além da escolha do repertório, os músicos convidados tinham o peso de muitos anos no jazz, como o próprio Marsalis e Allen Toussaint. As composições mostram o cuidado e o carinho de Clapton com a obra de músicos como Little Walter, Harry Woods e Walter Jacobs.
A única música deste disco apresentada naquela noite do hsbc arena é When Somebody Thinks You're Wonderful. Clapton não fugiu da tendência dos músicos de sua geração quando tocam na América do Sul, ao apresentar um repertório cheio de clássicos da carreira. Os próximos shows pela Europa e Japão podem trazer surpresas agradáveis a quem gostaria de ver essa aproximação ao jazz tomar maiores proporções. Aos 66 anos, Eric Clapton ainda dá as cartas amparada por uma fantástica banda que conta, na maioria das apresentações, com Chris Stainton, Steve Gadd, Willie Weeks e Tim Carmon.

Faixas:
01. Travellin' Alone
02. Rockin' Chair
03. River Runs Deep
04. Judgement Day
05. How Deep Is The Ocean
06. My Very Good Friend The Milkman
07. Can't Hold You Much Longer
08. That's No Way To Get Along
09. Everything Will Be Alright
10. Diamonds Made From Rain
11. When Somebody Thinks You're Wonderful
12. Hard Times
13. Run Back To Your Side
14. Autum Leaves






Nenhum comentário: