segunda-feira, 18 de julho de 2011

Nick Drake - Five Leaves Left (1969)


Vinte e um anos de idade e autor deste LP formado por dez canções fundamentais. Nick Drake, durante sua curta vida, foi tão enigmático quanto suas composições. Introspectiva e universal, ao mesmo tempo, sua poesia é madura e inspiradora para qualquer ser humano. É também referência de música 'folk' para as novas gerações, claro. Sua obra começou a ser mais conhecida nos últimos dez anos, ninguém pode ficar indiferente a sonoridade deste inglês.

Apesar de lançar seus três álbuns numa gravadora importante, que abria espaço para a música 'folk' e oferecia os melhores aparatos técnicos, Drake não conseguiu sucesso comercial imediato. Isso o perturbou por anos. Queria estar se comunicando diretamente com jovens, como ele. Queria mudar o mundo com a força de sua poesia, com a suavidade de seu dedilhado.

A voz de Nick é um capítulo a parte na gravação deste disco. O resultado, uma voz grave e suave, aveludada com os acordes do violão, é uma engenhosidade do produtor Joe Boyd. Há um microfone somente para captar a voz de Drake, mas ela também é captada pelo microfone do violão, criando um efeito incrível, que torna a melodia da canção ainda mais agradável.

A falta de uma agenda de apresentações e, igualmente, a ausência de divulgação por parte da gravadora são alguns motivos do insucesso comercial. Drake fez algumas apresentações em bares e restaurantes mas sentia-se incomodado com o barulho das conversas. Não se sentia à vontade num palco desses.

Participaram do disco Richard Thompson, guitarrista do Fairport Convention, e Danny Thompson, baixista do Pentangle, além de Paul Harris no piano e Tristam Fry na bateria e percussão. Rocky Dzidzornu combina suas congas perfeitamente com a voz de Drake. Robert Kirby, um amigo da época de escola, é o responsável pelos belos arranjos.

Faixas:
01. Time has told me
02. River man
03. Three hours
04. Way to blue
05. Day is done
06. Cello song
07. The thoughts of Mary Janne
08. Man in a shed
09. Fruit tree
10. Saturday sun



Five Leaves Left




Nenhum comentário: