terça-feira, 28 de julho de 2009

Os Mutantes - Os Mutantes (1968)

Segundo a MOJO, o disco de estréia dos Mutantes figura entre os 50 discos mais inovadores do rock'n'roll, inclusive na frente de discos dos Beatles, Frank Zappa e Pink Floyd. Aliando-se à vários outras estilos e artistas da época, os Mutantes conseguiram uma sonoridade única, tendo o rock como base para as experimentações junto aos tropicalistas Caetano Veloso e Gilberto Gil, na faixa que abre o disco. Outra parceria tão bem feita quanto foi com Jorge Ben em "A Minha Menina" que também traz Ben cantando e tocando violão.
Flertes com a música francesa e nordestina levaram a banda para um lugar especial no meio da cena musical brasileira, efervecente naquela época. Naquela época não existiam muitas iniciativas de pessoas querendo tocar rock aqui no Brasil, Os Mutantes só atingiram o patamar de grande banda de rock graças a essas experimentações e também a genialidade demonstrada nas letras, nos arranjos, feitos em parceiria com Rogério Duprat, e também na habilidade com os instrumentos.
O disco de estréia dos Mutantes é certamente, um dos grandes discos lançados no ano de 1968.

Faixas:
"Panis et Circenses" (Gilberto Gil/Caetano Veloso)
"A Minha Menina" (Jorge Ben)
"O Relógio" (Os Mutantes)
"Adeus Maria Fulô" (Humberto Teixeira/Sivuca)
"Baby" (Caetano Veloso)
"Senhor F" (Os Mutantes)
"Bat Macumba" (Gilberto Gil/Caetano Veloso)
"Le Premier Bonheur du Jour" (Jean Renard/Frank Gerald)
"Trem Fantasma" (Caetano Veloso/Os Mutantes)
"Tempo no Tempo" (John Philips)
"Ave Gengis Khan" (Os Mutantes)
Formação
Arnaldo Baptista - baixo, teclados, vocais
Rita Lee - vocais, percussões, flauta doce
Sérgio Dias - guitarras, vocais
Participações:
Rogério Duprat - arranjos
Jorge Ben - voz e violão em "A Minha Menina" (não creditado)
Dirceu - bateria

Os Mutantes - Os Mutantes

Nenhum comentário: