domingo, 26 de julho de 2009

Howlin' Wolf - Howlin' Wolf (1962)

Antes de falar sobre o disco, convido os senhores leitores à (re) ler a postagem sobre "Cinema Mudo" dos Paralamas do Sucesso devidamente corrigida e atualizada.
Chester Arthur Burnett, também atende por Howlin' Wolf, nascido em 10/07/1910, ele deixou sua marca na música como "O Lobo". Dono de um voz grave e incrivelmente poderosa marcou o blues interpretando canções ora de composição própria ora de autoria de Willie Dixon, outra lenda do blues.
Negro, nascido no estado do Mississipi, 1,98 m de altura e pesando 136 kg, Howlin' Wolf nem precisava de sua voz para ter presença de palco, mas quando soltava seu vozeirão arrepiava quem estava por perto. Eu mesmo, na primeira vez que o ouvi, cantando "Spoonful", veio aquele frio na espinha. O impacto para qualquer um que gosta de blues ao ouvi sua voz é chocante.
Neste disco, apenas o segundo álbum da carreira, O Lobo nos traz músicas que serviram de inspiração para várias bandas inglesas e estadunidenses que surgiram na segunda metade da década de 60. Faixas gravadas na década anterior e lançadas antes do conceito de álbum dominar os lançamentos compõem este disco fantástico e essencial para os amantes do blues.
Apesar de não ter um título próprio, o disco foi chamado de "The Rockin' Chair Album" em prensagens da década de 80, devido à foto da capa, onde aparecem um violão encostado numa cadeira de balanço.

Faixas:
01 Shake for Me
02 Red Rooster Howlin' Wolf
03 You'll Be Mine
04 Who's Been Talkin'
05 Wang-Dang-Doodle
06 Little Baby
07 Spoonful
08 Going Down Slow Oden
09 Down in the Bottom
10 Back Door Man
11 Howlin' for My Baby Howlin' Wolf
12 Tell Me

Howlin' Wolf - Howlin' Wolf

Nenhum comentário: