sexta-feira, 5 de junho de 2009

Bob Dylan - Blonde On Blonde (1966)



Com certeza, o disco mais emblemático da revolução sonora que o rock promoveu nos anos 60. Blonde on Blonde revolucionou não só o rock e o folk, mas também a carreira de Robert Allen Zimmerman por completo. A trajetória de Dylan confunde-se com a história da música popular no século XX e XXI. Em Blonde On Blonde, ele quebrou as rígidas regras que regiam o folk estadunidense na época, regras essas que foram impostas pelos próprios músicos e também pelo público, no momento em que eles usavam a mesma divisão rítmica, mesmo tema nas letras, sempre o violão de corda de aço e, às vezes, uma gaita; sem nenhuma tipo de amplificação elétrica nos instrumentos. O público do folk também era muito restrito, uma galera de classe média ou alta, que se reunia nos cafés do Village em Nova Iorque, deixava o estilo ainda mais reservado.
Para atingir a sonoridade que queria, Dylan traz de volta alguns músicos que já haviam trabalhado com ele no disco anterior "Highway 61 Revisited" como Al Kooper e Harvey Brooks. Como Mike Bloomfield (guitarrista) e Bobby Gregg (baterista) não estavam disponíveis para gravar, Dylan convidou Robbie Robertson e Levon Helm para integrar a banda, que passou a ser conhecida com The Band.
As faixas foram gravadas em Nova Iorque e Nashville, boa parte delas na segunda cidade. Em Nova Iorque foram gravadas apenas algumas demos e então Dylan decidiu ir para os estúdios da Columbia em Nashville e livrar-se da pressão tanto da imprensa quanto dos radicais fãs do folk tradicional. As primeiras músicas a serem gravadas foram "Fourth Time Around", "Visions of Johanna" e "Leopard-Skin Pill-Box Hat", a última não foi considerada satisfatória por Dylan. No dia seguinte, a sessão levou o dia inteiro e pela manhã a épica "Sad-Eyed Lady of the Lowlands" foi gravada. As sessões foram acontecendo até o início de março, quando tudo que Dylan compôs estava devidamente gravado, e então ele se deu conta que tinha material suficiente para um álbum duplo. "Blonde On Blonde" é considerado o primeiro grande álbum duplo do rock.
A capa do disco tornou-se uma das mais conhecidas da discografia do compositor, que reinventou sua carreira e sua música, tornando-se um dos músicos mais bem sucedido na história da música popular.


Músicos:





Bob Dylan - Blonde On Blonde


Nenhum comentário: