sábado, 17 de janeiro de 2009

Chico Buarque - Construção (1971)

Não sou tão fã de Chico Buarque como instrumentista, cantor ou arranjador, mas como letrista e compositor, ele é um gênio.
"Construção" foi o quinto disco do cantor carioca. Lançado em um dos períodos mais críticos do Regime Militar, o álbum representa uma mudança no trabalho do artista. Se antes Chico harmoniza Bossa Nova com composições veladamente críticas à ditadura brasileira, em "Construção" o cantor mostrou-se mais ousado - como mostra os versos iniciais de "Deus lhe Pague", faixa que abre o LP ("Por esse pão pra comer, por esse chão pra dormir"). Em "Samba de Orly", parceria com Toquinho e Vinicius de Moraes, Chico canta abertamente sobre o exílio - o que fez com que a canção fosse parcialmente censurada. A faixa-título é uma crítica sobre um homem que trabalhou arduamente até sua morte. Não faltaram também o lirismo característico do artista, como demostrado em "Olha Maria" e "Valsinha".
"Construção" foi eleito em uma lista da versão brasilieira da revista Rolling Stone como o terceiro melhor disco brasileiro de todos os tempos.

Faixas:

"Deus Lhe Pague" – 3:19
"Cotidiano" – 2:49
"Desalento" (C. Buarque, Vinícius de Moraes) – 2:48
"Construção" – 6:24
"Cordão" – 2:31
"Olha Maria (Amparo)" (C. Buarque, V. de Moraes, Tom Jobim) – 3:56
"Samba de Orly" (C. Buarque, Toquinho, V. de Moraes) – 2:40
"Valsinha" (C. Buarque, V. de Moraes) – 2:00
"Minha História" (Lucio Dalla; versão de C. Buarque) – 3:01
"Acalanto" – 1:38
Participações especiais:
MPB-4 - vozes nas faixas 1, 3, 4, 7 e 9.
Tom Jobim - piano em "Olha Maria (Amparo)"




Chico Buarque - Construção

Um comentário:

Vovó Conga disse...

Muito bacana seu blog! Vovó Conga agradece a visita e também a aparição em meio a seus links. Muito axé pra mizunfio!